Neuraxpharm lança em Portugal medicamento de valor terapêutico acrescentado para tratamento da esquizofrenia em adultos e do episódio maníaco moderado a grave na perturbação bipolar I

Comunicados de imprensa

Arquivos baixados

Comunicado de Imprensa | Versão em português
PDF

Neuraxpharm lança em Portugal medicamento de valor terapêutico acrescentado para tratamento da esquizofrenia em adultos e do episódio maníaco moderado a grave na perturbação bipolar I

Compartilhar:
Share on twitter
Share on linkedin
Share on facebook
  • Novo fármaco com comprimidos ranhurados oferece dosagem de 20 e 30 mg de aripiprazol, que não existiam até agora no mercado português.

Lisboa, 12 de outubro de 2021: A Neuraxpharm Portugal, empresa farmacêutica líder especializada no Sistema Nervoso Central (SNC), anuncia o lançamento de um medicamento de valor terapêutico acrescentado, com aripirazol, que representa uma nova opção no tratamento da esquizofrenia e perturbação bipolar (PB).

Este novo medicamento trata-se de um antipsicótico de dosagem de 20 e 30 mg, apresentando como substância ativa o aripiprazol. A aposta numa forma galénica diferenciada (comprimidos ranhurados) representa uma nova alternativa posológica dos prescritores para facilitar a toma e adesão aos mesmos. Refira-se que são divisíveis e cobrem toda a gama terapêutica.

“As novas dosagens foram lançadas em Portugal atendendo à necessidade dos médicos de novas alternativas de dosagem com o aripiprazol no tratamento de pacientes com esquizofrenia e perturbação bipolar”, revela Teng Dias, diretor comercial da Neuraxpharm Portugal.

Com o mais recente lançamento, a Neuraxpharm amplia as possibilidades de tratamento com o aripiprazol em Portugal, reforçando a sua posição de grupo farmacêutico europeu líder no tratamento de doenças do Sistema Nervoso Central (SNC).

O novo medicamento trata-se do segundo antipsicótico lançado em Portugal.

 

Incidência dos transtornos de saúde mental

A saúde mental é um problema de saúde pública a nível mundial. São já 165 milhões de pessoas na Europa que são afetadas por uma doença ou perturbação mental anualmente, informa a Sociedade Portuguesa de Psiquiatria e Saúde Mental (SPPSM). Apenas um quarto dos doentes com perturbações mentais recebe tratamento sendo que somente 10% têm tratamento considerado adequado.1

Portugal é o segundo país com a mais elevada prevalência de doenças psiquiátricas da Europa, sendo apenas ultrapassado pela Irlanda do Norte (23,1%). De acordo com a Sociedade Portuguesa de Psiquiatria e Saúde Mental (SPPSM) mais de um quinto dos portugueses sofre de uma perturbação psiquiátrica (22,9%).2

A esquizofrenia – que pode provocar “sintomas psicóticos entre os quais alucinações e delírios, mas também a diminuição ou perda da vontade, a apatia, e sintomas afetivos, como ansiedade, depressão e alterações emocionais em geral – é uma perturbação mental que afeta cerca de 21 milhões de pessoas em todo o mundo.3

Esse transtorno é uma das principais perturbaçoes mentais em todo o mundo. Por isso, os especialistas destacam a importância de otimizar os tratamentos farmacológicos para que estas pessoas possam ter uma vida normal e reduzam o risco de recaída.

Líder europeia em produtos farmacêuticos para o Sistema Nervoso Central (SNC) e especializada em soluções terapêuticas desde 1985, a Neuraxpharm anunciou, em novembro de 2019, a expansão das suas operações no sul da Europa com a abertura da Neuraxpharm Portugal, sediada em Lisboa. A Neuraxpharm Portugal comercializa outros produtos como os suplementos alimentares e os probióticos.

“Com este novo lançamento pretendemos que a Neuraxpharm Portugal contribua para o nosso objetivo: ser um dos principais intervenientes na área do Sistema Nervoso Central (SNC) em toda a Europa”, frisa Javier Mercadé, Diretor da Região Sul da Neuraxpharm.

 

Referências:

  1. Sociedade Portuguesa de Psiquiatria e Saúde Mental (SPPSM): Perturbação Mental em Números https://www.sppsm.org/informemente/guia-essencial-para jornalistas/perturbacao-mental-em-numeros/
  2. Sociedade Portuguesa de Psiquiatria e Saúde Mental (SPPSM): Perturbação Mental em Números https://www.sppsm.org/informemente/guia-essencial-para jornalistas/perturbacao-mental-em-numeros/
  3. Sociedade Portuguesa de Psiquiatria e Saúde Mental (SPPSM): Esquizofrenia https://www.sppsm.org/informemente/guia-essencial-para-jornalistas/esquizofrenia/

Bem vindo

Para acessar essas informações, você deve usar suas credenciais.

Você não tem uma conta? Cadastre-se